Capangas ameaçam funcionário que chamou patrão na justiça em General Carneiro

Nesta segunda, dia 20, compareceu ao destacamento policial um homem, que relatou ter sido ameaçado de morte por funcionários de seu antigo patrão.

Segundo ele, os dois indivíduos, em um veículo Ford/Fusion branco, estiveram em sua casa, dizendo que tinham uma proposta para o mesmo, pois a vítima está movendo ação trabalhista contra o antigo patrão. Um dos indivíduos mostrou o cano de uma arma de fogo, enquanto ameaçavam a vítima de morte e ofendiam sua esposa, com palavras de baixo calão.

O fato aconteceu no interior do município, não tendo a identidade da vítima, nem o endereço divulgado pela Polícia Militar. Não é uma cena rara, um trabalhador receber ameaças, quando entra com ação trabalhista em General Carneiro. A cultura da intimidação é vista como natural, em um município onde as relações de trabalho, em sua maioria, beiram à escravidão. Funcionários se acham superiores aos outros e ajudam o patrão na intimidação contra seus pares, apenas em troca de algumas recompensas financeiras, ou mesmo para agradar o patrão.

A vítima foi orientada.

Tags:,

advert