No aniversário da Secretaria Estadual de Educação, sindicato denuncia cumplicidade no desmonte da educação pública

A SEED (Secretaria Estadual de Educação) está completando 70 anos e tem realizado reuniões de comemoração do seu aniversário em todos os núcleos regionais de educação, porém, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação Pública do Paraná, APP Sindicato, alerta à categoria e à população que não há nenhum motivo para comemoração.

A direção do Núcleo Sindical de União da Vitória imprimiu um material denunciando a cumplicidade da SEED com o desmonte da educação pública do Paraná, realizado pelo governador Carlos Alberto Richa e seus deputados aliados. No material, o sindicato procurou lembrar algumas das atrocidades cometidas pelo governo contra a educação, com o apoio da SEED, como o massacre do dia 29 de abril de 2015, o calote no reajuste (não cumprimento da lei da data base), diminuição da Hora-atividade, destruição da previdência pública dos servidores, punição para quem fica doente (Resolução nº 113/2017, chamada de Resolução da Maldade), Operação Quadro Negro (onde há acusações de desvio de recursos da educação para serem usados na campanha à reeleição do governador), desmonte da educação de jovens e adultos (EJA), problemas em itens do concurso de remoção, pagamento em atraso de progressões e promoções de aposentados (Paraná Previdência), não aceitação da reposição do dia 30 de agosto (data histórica, onde a educação para em protesto contra o massacre comandado pelo então governador Alvaro Dias, no ano de 1988) e, finalmente, a PL 556/2017, em tramitação, que promete limitar os gastos do governo do Estado com os servidores públicos.

Tags:,

advert