Polícia registra dois casos de violência contra mulher no mesmo dia em General Carneiro

Nesta terça, dia 01, foram registradas duas ocorrências de violência e ameaças contra mulher, em General Carneiro.

Compareceu ao Destacamento Policial uma mulher, que foi vítima de violência por parte de seu convivente. Ela denunciou a violência sofrida no dia 29 de julho, quando, em deslocamento pela via pública, no bairro São João, com seu convivente, o mesmo pediu o celular da vítima e, não sendo atendido, agrediu a mesma com socos na face e depois fez com que ela batesse com o rosto em um muro, ficando desacordada. O agressor evadiu-se do local. Ela foi socorrida por populares, que acionaram a ambulância.

Segundo a vítima, as ameaças agressões são frequentes. A Polícia Militar realizou patrulhamento, tentando encontrar o agressor, porém sem êxito. A vítima estava acompanhada de sua filha, no momento do registro da ocorrência, devido a estar com dificuldade de locomoção. Ela foi orientada.

Ainda na terça feira, 01, uma mulher acionou a Polícia Militar e contou que seu ex convivente foi até a casa de sua prima, no Centro da cidade, onde ela estava com seu filho, e levou a criança consigo. Ela teria indagado sobre a guarda da criança, quando o mesmo respondeu que não se importava com as autoridades e que iria “quebra-la de pau” e queimar sua casa, caso interferisse na sua decisão de levar o filho.

A ocorrência foi no meio da tarde. A solicitante foi orientada.

Tags:,

advert