GdN - Geral de Notícias

Posseiros e MST reocupam terras no Alecrim e desarmam seguranças

Imagem: Jornal Fatos do Iguaçú

Na manhã desta quinta feira, dia 14, os posseiros que haviam sido despejados, na comunidade de Alecrim, município de Pinhão, e que tiveram suas casas demolidas, ocuparam novamente o terreno, com o apoio do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Os trabalhadores e trabalhadoras desarmaram os seguranças que guardavam o terreno, contratados pela empresa madeireira Zattar, e ocuparam novamente o terreno. Posteriormente foram entregues à Polícia Militar as armas e os coletes a prova de balas, usados pelos seguranças. A ação aconteceu após o movimento decidir liberar o trafego na PR 170, entre Pinhão e Guarapuava, onde permaneciam desde o dia 06. A decisão ocorreu após serem abertas negociações com o INCRA e com o Governo do Estado, objetivando a solução definitiva das questões fundiárias no município.

Os posseiros passarão o Natal e o final de ano em suas terras novamente, mas sem as casas, que foram demolidas. Mesmo assim, foi uma vitória da luta coletiva, evitando a reintegração de posse que despejaria um terço da população do município de Pinhão.

GdN

Deixe seu Comentário

HORA CERTA – OFERECIMENTO …..

publicidade

Hospedado por ServerPro